Câncer de pele

O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos tumores malignos registrados no país.

O tipo não melanoma é o de maior incidência entre os tumores de pele, agora o melanoma cutâneo corresponde a 3% da doença, no entanto, é o tipo mais grave pois a probabilidade de metástase é alta.

Se o tumor for detectado rapidamente a possibilidade de melhora e sobrevida dos pacientes é maior.

Uma pinta pode ser perigosa e cancerígena. Por isso, se uma pinta tiver um tamanho, formato e cor diferente das demais, está na hora de procurar o dermatologista

O câncer de pele pode se desenvolver em áreas mais comuns expostas aos raios solares, como braços, pernas, pescoço e rosto, então, proteger-se diariamente e corretamente contra os raios solares é a principal prevenção.

Consulte regularmente o médico dermatologista, e saiba os riscos e benefícios da doença e os cuidados necessários para você e sua pele.

Clique aqui e saiba as dicas para proteção solar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *